Publicidade Radiofusión
Praza do Concello s/n 15500 Fene (A Coruña) Galiza Tfno. 981 492 773 - Fax 981 492 772
Fai de Radiofusión a túa páxina de inicioRSS   BOLETÍN   CONTACTO
http://www.wikio.es
Envíar a Chuza

Radiofusión: A programación das Radios Municipais Galegas

Hoxe é Luns 22 de Xaneiro de 2018
Actualidade > Ficha da nova
Ficha da nova Enviar comentario

Máis respeito ao amor e á diversidade


As marchas LGBT teñen moita tradición en Brasil

A Praia de Copacabana é palco de mais uma edição da Parada do Orgulho LGBT neste domingo. Lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais estão juntos, pela 17ª vez, para pedir mais respeito ao amor e à diversidade. O evento espera reunir cerca de 1 milhão de pessoas. Com o lema “Coração não tem preconceitos. Tem amor”, a parada é comandada pelo Grupo Arco-Íris e Instituto Arco-Íris, com o apoio da Secretaria de Estado de Assistência Social e Direitos Humanos.

Sociedade18/11/2012Autor: Redacción

Considerada a terceira maior festa da cidade, a Parada LGBT faz um alerta contra a homofobia. Somente no ano passado, 266 homossexuais foram assassinados no país por conta de sua orientação sexual, segundo levantamento das entidades. Por isso, na luta contra a discriminação, os organizadores contam com a participação de heterossexuais de ambos os sexos e idades variadas, além de grupos de combate ao racismo, à intolerância religiosa e ao preconceito contra soropositivos. O movimento “Mães da Igualdade”, composto por mães de homossexuais, vem à frente da parada, abrindo caminho para derrubar o preconceito que existe dentro de casa.

Neste ano, a novidade fica por conta da ampliação dos serviços de cidadania e saúde, que começaram às 9h, no Posto 5. A concentração da parada estava marcada para as 13h. Treze trios elétricos prometem ocupar toda a orla de Copacabana.

O evento conta com dez ambulâncias espalhadas pela orla, além de posto médico na Av. Atlântica entre as ruas Figueiredo Magalhães e Santa Clara. A segurança tem efetivo de 1.100 homens, sendo 350 guardas municipais, 450 policiais militares e 300 seguranças particulares.

Ônibus e metrô funcionam esquema especial para atender o público. A organização recomenda que, além de utilizar o transporte público, os participantes levem apenas um documento de identidade e deixem objetos de valor e garrafas de vidro em casa.


Comentarios:
Praza do Concello s/n, 15500 Fene (A Coruña) Galiza - Tfno. 981 492 773 - Fax 981 492 772 Nota Legal
Actualidade Novas Axenda Podcast
Participa Fai Novas Enquisas Foros